Vou te excluir do meu Orkut, te bloquear no MSN…

4 07 2008

Isso é simplesmente a coisa mais tosca[?] que já vi até hoje…





Open Social funcionando

5 06 2008

Em primeira mão: o Google acaba de ativar o Open Social no Orkut. Já é possível adicionar widgets ao perfil. A atualização foi nesse exato momento galera.





Firefox atualizado! Versão 2.0.0.12

9 02 2008

imagem_girl_firefox.jpg

Mozilla corrige 10 brechas de segurança na versão 2.0.0.12 do Firefox

A Mozilla divulgou nesta sexta-feira (08/01) a versão 2.0.0.12 do navegador Firefox, corrigindo 10 brechas de segurança no software, sendo três consideradas críticas.

Segundo comunicado divulgado no blog de desenvolvedores da Mozilla, as três brechas mais severas permitem o roubo de histórico de navegação, a execução de códigos maliciosos e problemas de desempenho relacionados à memória.

A correção contempla ainda uma brecha de perigo alto, que explora validação insuficiente com URI, três do nível moderado, mesmo número de vulnerabilidades de baixo impacto.

A nova versão do browser também corrige problemas de estabilidade nos sistemas Windows, Mac OS e Linux, como problemas relacionados a permissões de firewalls, atalhos de teclas, pacotes de línguas e segurança de portas de acesso.

O software pode ser baixado pelo link abaixo ou atualizado automaticamente pela função “Verificar atualizações” no menu Ajuda do software.

Fonte: IDG Now!

Download:

baixe-ff.png

 





Rapidshare pode fechar!

31 01 2008

Após decisão de tribunal, o futuro do popular serviço de hospedagem de arquivos Rapidshare é incerto após a determinação do tribunal alemão, que exigiu que seus responsáveis encontrem meios de coibir a pirataria de músicas que assola seus servidores.

O processo que originou a decisão foi aberto pela GEMA (Gesellschaft für musikalische Aufführungs- und mechanische Vervielfältigungsrechte), organização alemã semelhante à RIAA. Para o juíz do tribunal de Düsseldorf o site deve ser responsabilizado por materiais que violem os direitos autorais.Diferentemente de outras decisões, neste caso o tribunal determinou que não bastará ao site excluir os arquivos ilegais enviados por seus usuários: os responsáveis deverão tomar medidas preventivas para que nenhum arquivo assim sequer seja disponibilizado, algo que só poderia ser feito através de verificação manual, o que pode se tornar inviável.
A decisão ainda pode abrir precedentes para outros processos contra sites semelhantes, então é provável que em breve diversos serviços de compartilhamento fechem suas portas aos usuários alemães, e é possível ainda que outros grupos como a GEMA e a RIAA tentem obter resultados semelhantes em outros países contra estes tipos de serviços.

Comentário: Que droga 😡 ! Justo agora que está ficando fácil achar coisas por lá e burlar o sistema de limites de downlooads 🙄 . Só hoje eu encontrei bons links por lá, tipo o MSN 8.1 Portable, o Windows XP Portable

Fonte da notícia: Geek




Merda: Nem o Aurélio definiu tão bem

10 01 2008

Merda (do latim merda [1]) é uma expressão geralmente pejorativa e polissemia e usada principalmente na linguagem coloquial. Em sentido estrito é resultado do processo digestivo e se refere as fezes defecadas por um organismo vivo, usualmente expulsados do corpo pelo ânus. No espanhol é mierda e no inglês é shit (leia-se chête).”

A palavra mais rica da língua portuguesa é a palavra MERDA. Esta versátil palavra pode mesmo ser considerada um curinga da língua portuguesa. Vejam os exemplos a seguir:

Leia o resto deste post »





Dez motivos para comentar mais em blogs

6 01 2008

Falaí galera! Li este texto no blog do Rodrigo Boda e resolvi postá-lo aqui, pois é muito interessante. Vale tanto para blogueiros quanto para os leitores dos mesmo 😉

O blogueiro profissional Chris Garrett incentivou seus leitores a comentarem mais em blogs em geral. Propôs que, durante uma semana, tentassem comentar mais e mais a cada dia e acompanhassem o resultado. Na semana seguinte, apresentou dez razões pelas quais considera o ato de comentar bom para blogueiros:

1 – É a coisa certa a fazer – as pessoas reclamam de não ter comentários suficientes em seus próprios blogs, mas não dedicam tempo suficiente a comentar nos outros. Todos nós gostamos de atenção e um eventual tapinha nas costas por um trabalho bem feito. Trate os outros como você gostaria de ser tratado!

2 – Fazer amigos e influenciar pessoas – blogar é, em parte, uma atividade de networking. As pessoas têm mais probabilidade de linkar para você (ou mais) se elas tiverem ouvido falar de você. Apareça, faça amigos.

3 – Cliques – as pessoas clicam no seu link para ver sobre o que mais você escreve. Óbvio, mas verdadeiro.

4 – Desenvolver um olhar blogueiro – encontre o ponto de interesse de uma história. Ao comentar, você está treinando seu cérebro a pensar em algo interessante.

5 – Criar conteúdo comentável – observando os posts em que você comentou e aqueles em que não comentou (ou não conseguiu, por mais duro que tentasse!) você desenvolve uma percepção do que funciona para atrair comentários.

6 – Comentários = idéias – você conseguiu comentar. O seu comentário poderia ser expandido para um post?

7 – Você nunca sabe quem está lendo – me espanta quem lê meus comentários em blogs obscuros que eu achava que só eu e um punhado de pessoas liam. Meus comentários num blog renderam um trabalho de consultoria. Você nunca sabe a não ser que tente.

8 – O que você dá, você recebe mais – eu acredito fortemente que o que você faz retorna pra você. Você receberá mais comentários. Experimente.

9 – Manter-se em forma – exercite seus músculos de escritor, quanto mais praticar, mais você melhora. Comentários devem ser curtos, rápidos, diretos ao ponto e produzir um impacto. São testes excelentes para sua habilidade de redação.

10 – Comentar em blogs novos para perspectivas novas – se você está sempre entre a mesma turma, inevitavelmente verá os mesmos pensamentos refletidos vez após vez. Liberte-se! Eu recomendo que as pessoas comentem em novos blogs a cada dia. Ao não comentar sempre nos mesmos blogs, ou especialmente estabelecer o objetivo de comentar em novos blogs do que na véspera, você será forçado a sair da suas zona de conforto de leitura de blogs e visitar novos blogs. Isso lhe expõe a novas idéias, formas diferente de ver as coisas e, quem sabe, uma saída da câmara de eco.

Garrett reuniu algumas justificativas interessantes aos conselhos óbvios que poderiam ser resumidos em “comente para ser comentado”, mas o melhor de tudo acho que foi a proposta da experiência de uma semana. Pelos próximos sete dias, vou me dedicar mais aos comentários e ver o que acontece. Se você quiser fazer o mesmo, pode começar aqui mesmo! -)
Que comentar é fato necessário para ser comentado eu já sabia…
mas achei bem legal a idéia e as dicas! D

Fonte:Discussões, Dissertações e Poesia





BankerFix: um milhão de downloads

17 12 2007

ld.jpg

A ferramenta BankerFix, mantida pela equipe da Linha Defensiva, atingiu a marca de 1 milhão de downloads. O programa busca remover os cavalos de tróia “Banker” — os mais comuns no Brasil, de acordo com as estatísticas coletadas pela própria Linha Defensiva. Os Bankers são pragas digitais criadas no Brasil para roubar informações de contas de banco de internautas que estiverem infectados ao acessarem o Internet Banking.

V�rus

O programa foi criado em julho do ano passado por Altieres Rohr, editor da Linha Defensiva, como um “removedor genérico” de cavalos de tróia. Antes do “BF”, como o programa é chamado pela equipe da Linha Defensiva, ferramentas específicas para cada infecção eram criadas, o que era pouco prático. O BF passou a substituir todas as ferramentas anteriores.

Hoje o BankerFix remove milhares de arquivos diferentes. Denúncias de pragas são recebidas pela Linha Defensiva, e os arquivos são analisados para serem adicionados ao BankerFix. O time que analisa as pragas digitais é o ARIS-LD: Grupo de Análise e Resposta a Incidentes de Segurança da Linha Defensiva, do qual participam Fabio Assolini (”Einstein”) e Diogo Baptista (”Stealthwind”).

Os Assistentes do fórum também contribuem com nomes de arquivos maliciosos para a ferramenta a partir dos logs HijackThis analisados. O time completo da assistência você confere na página da equipe.

Se por um lado podemos comemorar o sucesso da ferramenta, por outro é preciso lembrar que ele só foi possível devido a atividade criminosa que existe na Internet brasileira. O “sucesso”, aqui, é resultado de sucessivos fracassos não só da polícia, mas dos legisladores e da falta de educação, emprego e renda que leva pessoas a procurarem meios ilícitos para ganhar dinheiro, como a criação dos vírus que roubam senhas de banco removidos pelo BankerFix.