Criadores de vírus processados por copyright

29 01 2008
Oficiais japoneses prenderam pela primeira vez suspeitos de criar um vírus de computador, entretanto, por falhas na legislação local de cibercrime, o trio responderá apenas por violação de direitos autorais.Segundo o site The Register, o trio teria assumido a criação e a distribuição do trojan Harada pela rede P2P Winny. O vírus é uma variante do Pirlames Trojan, interceptado pela Sophos no Japão durante 2007.Após instalado, o Harada mostra imagens de populares animés (desenhos animados em estilo japonêsdo Japão) enquanto apaga arquivos de vídeos e músicas digitais. Por isto, os criadores responderão por algum crime.”No Japão não é ilegal escrever vírus , então os autores do trojan foram presos por quebra de copyright, por terem usado imagens de desenhos sem permissão no malware”, explicou Graham Cluley, consultor sênior da Sophos.

O caso é o primeiro no Japão e, por isto, espera-se que chame muita atenção e provoque, em breve, uma mudança nas leis de cibercrime do país. Ironicamente, os criadores do vírus responderão pelas mesmas acusações que Isamu Kaneko, autor da rede P2P que o trio infectou, que em dezembro de 2006 foi multado pela justiça japonesa.

Fonte: Geek

Anúncios




Ferramenta de Remoção de Software Mal-Intencionado

9 01 2008
111.png

(KB890830) Microsoft® Windows® (Versão 1.37)

Descrição Resumida:

Continue lendo »





Trojan Remover 6.6.5 – Pra sempre!

6 01 2008

Já havia postado que estava a procura de uma solução para poder usar o programa além dos 30 dias de teste, porém não encontrei nada que funcionasse. Aí o nosso amigo darck4eve me deu a diga que estava no blog dele: a mesma versão que eu indiquei, só que portable. Show de bola, testado e aprovado.





2008: O ano da Segurança da Informação

4 01 2008

Antes de mais nada: FELIZ 2008 para todos. E obrigado pelas visitas (média de 2000/dia) que fizeram com que este pequeno e novato blog entrasse para o “TOP 100” do WordPress Brasil.

__

Se tem uma coisa que posso “prevê” para 2008 é que será um ano em que as pragas virtuais se tornarão cada vez mais destrutivas e devastadoras. Só ter um antivírus atualizado e funcionando corretamente não será o bastante. Digamos que ficará mais evidente a Info Guerra este ano. Por que? Crescimento da internet (leia-se acesso a ela), vendas de pcs a todo vapor e as compras pela internet aumentando a cada dia. Aliado a isso tudo, temos as questões básicas de mudança de SO (XP >>>Vista) e a atualização do service pack do XP. Vocês com certeza concordarão comigo que nem todos os usuários estão preocupados se estão seguros (atualizados) ou não.

Por isso resolvi postar aqui 4 vídeos muito bons, uma iniciativa do CGI.BR (Comitê Gestor da Internet no Brasil), através do Antispam.br . Falam sobre internet, pragas e segurança. Depois de vê-los será fácil saber o que é um vírus, cavalo de tróia ou trojan, worm, bot, spyware, screenlogger, keylogger, spam, spim, spit e spam zombie. Ficou assustado com tantas pragas virtuais? Calma, existe proteção para todas elas, mas o importante mesmo é se manter informado 😉

Produzidos para abranger uma parte da história da internet de forma simples e divertida, as quatro animações — Navegar é Preciso, Os Invasores, Spam e A Defesa — informam e esclarecem sobre os perigos aos quais os usuários estão expostos, explicam o que é Spam e dão dicas de como navegar com mais segurança na rede.

1 – “Navegar é preciso” trata do funcionamento da Internet, com suas vantagens, riscos e necessidade de proteção, principalmente mecanismos como o firewall.

 2 – “Os invasores” apresenta os tipos de códigos maliciosos e como eles podem entrar no computador do usuário, reforçando que a maioria dos códigos têm mais de um vetor de entrada e por isso mais de uma proteção é necessária.

3 – O vídeo “Spam” demonstra aos usuários os diversos problemas que podem ser causados pelas mensagens não-solicitadas. Propagação de vírus e de produtos supostamente milagrosos, assim como aspectos relacionados à segurança da rede e do usuário, são alguns dos tópicos abordados pela animação.

4 – O objetivo do episódio “A Defesa” é apresentar ao usuário maneiras e dicas de como se proteger de ameaças na Internet para navegar com mais segurança na rede.