Hackers da Microsoft mudam de nome

11 10 2007

200652313317_windows-piracy.jpg

 Microsoft pede que seus hackers evitem a expressão “hacker”, termo que permite más associações.

Há anos a Microsoft mantém empregados um grupo de experts em engenharia da computação que tenta descobrir eventuais falhas de segurança nos produtos da corporação e, naturalmente, corrigi-las.

O grupo identifica-se desde sua formação pela expressão hackers@microsoft e mantinham até um blog com este nome.

Recentemente, porém, o grupo alterou seu nome para “%41%43%45%20%54%65%61%6d”. A razão da mudança é que a Microsoft identificou que muitos de seus usuários associam a palavra “hacker” a crimes online, roubo de dados e uso das tecnologias da informação para obter vantagens ilícitas.

Na verdade, hacker, em seu sentido histórico, é um termo que descreve um programador altamente qualificado, com grande habilidade de desenvolver novas tecnologias e aprimorar códigos.

Um outro termo, cracker, é o mais adequado para identificar usuários que usam conhecimentos de TI para cometer crimes online.

Fonte: Info Online

Comentário: esses caras são engraçados né? Deveriam se procupar é com a segurança do Windows ;).

Bom feriadão!  🙂 

Anúncios




Microsoft lança IE 7 sem WGA

5 10 2007

ie7.jpg

A Microsoft lançou hoje uma versão do Internet Explorer 7.0 que não contém o WGA (Windows Genuine Advantage), o programa de vantagens do Windows original que impedia o uso do IE 7 em computadores com versões piratas do Windows.

O Internet Explorer 7.0 é muito mais robusto, eficiente e seguro do que o Internet Explorer 6.0. O filtro de phishing do IE 7, por exemplo, tem mais de 900 mil sites maliciosos, sendo também o único navegador do mercado que suporta o Extended Validation SSL Certificates, que ajuda a prevenir fraudes online.

A partir de hoje qualquer usuário pode instalar o IE 7 em seu Windows XP ou Windows Server 2003, sem a necessidade de tentar burlar o WGA. Esta nova versão é a IE7 IAU (Installation and Availability Update) e a partir de hoje ela substitui a versão que exigia o WGA. Ela já está disponível para download em 8 idiomas no Windows Download Center e no site oficial do IE, além de poder ser instalado através da Atualizaçãos Automática do Windows.

Há também uma nova versão do IEAK7 (Internet Explorer 7 Administration Kit) que inclui a opção de criar pacotes .msi, destinado para instalações remotas.

A versão em português, além de outros idiomas, estará disponível para download no final deste mês. Download da versão em inglês:

Windows Internet Explorer 7 para Windows XP SP2 

Comentário: Notícia muito boa thumbsup.gif , por um lado ajuda muito na questão da segurança… mas a intenção da MS é bem clara: detonar o Firefox wink.gif . Vai sonhando M$, vai…