Criadores de vírus processados por copyright

29 01 2008
Oficiais japoneses prenderam pela primeira vez suspeitos de criar um vírus de computador, entretanto, por falhas na legislação local de cibercrime, o trio responderá apenas por violação de direitos autorais.Segundo o site The Register, o trio teria assumido a criação e a distribuição do trojan Harada pela rede P2P Winny. O vírus é uma variante do Pirlames Trojan, interceptado pela Sophos no Japão durante 2007.Após instalado, o Harada mostra imagens de populares animés (desenhos animados em estilo japonêsdo Japão) enquanto apaga arquivos de vídeos e músicas digitais. Por isto, os criadores responderão por algum crime.”No Japão não é ilegal escrever vírus , então os autores do trojan foram presos por quebra de copyright, por terem usado imagens de desenhos sem permissão no malware”, explicou Graham Cluley, consultor sênior da Sophos.

O caso é o primeiro no Japão e, por isto, espera-se que chame muita atenção e provoque, em breve, uma mudança nas leis de cibercrime do país. Ironicamente, os criadores do vírus responderão pelas mesmas acusações que Isamu Kaneko, autor da rede P2P que o trio infectou, que em dezembro de 2006 foi multado pela justiça japonesa.

Fonte: Geek





Ferramenta de Remoção de Software Mal-Intencionado

9 01 2008
111.png

(KB890830) Microsoft® Windows® (Versão 1.37)

Descrição Resumida:

Continue lendo »





Trojan Remover 6.6.5 – Pra sempre!

6 01 2008

Já havia postado que estava a procura de uma solução para poder usar o programa além dos 30 dias de teste, porém não encontrei nada que funcionasse. Aí o nosso amigo darck4eve me deu a diga que estava no blog dele: a mesma versão que eu indiquei, só que portable. Show de bola, testado e aprovado.





2008: O ano da Segurança da Informação

4 01 2008

Antes de mais nada: FELIZ 2008 para todos. E obrigado pelas visitas (média de 2000/dia) que fizeram com que este pequeno e novato blog entrasse para o “TOP 100” do WordPress Brasil.

__

Se tem uma coisa que posso “prevê” para 2008 é que será um ano em que as pragas virtuais se tornarão cada vez mais destrutivas e devastadoras. Só ter um antivírus atualizado e funcionando corretamente não será o bastante. Digamos que ficará mais evidente a Info Guerra este ano. Por que? Crescimento da internet (leia-se acesso a ela), vendas de pcs a todo vapor e as compras pela internet aumentando a cada dia. Aliado a isso tudo, temos as questões básicas de mudança de SO (XP >>>Vista) e a atualização do service pack do XP. Vocês com certeza concordarão comigo que nem todos os usuários estão preocupados se estão seguros (atualizados) ou não.

Por isso resolvi postar aqui 4 vídeos muito bons, uma iniciativa do CGI.BR (Comitê Gestor da Internet no Brasil), através do Antispam.br . Falam sobre internet, pragas e segurança. Depois de vê-los será fácil saber o que é um vírus, cavalo de tróia ou trojan, worm, bot, spyware, screenlogger, keylogger, spam, spim, spit e spam zombie. Ficou assustado com tantas pragas virtuais? Calma, existe proteção para todas elas, mas o importante mesmo é se manter informado 😉

Produzidos para abranger uma parte da história da internet de forma simples e divertida, as quatro animações — Navegar é Preciso, Os Invasores, Spam e A Defesa — informam e esclarecem sobre os perigos aos quais os usuários estão expostos, explicam o que é Spam e dão dicas de como navegar com mais segurança na rede.

1 – “Navegar é preciso” trata do funcionamento da Internet, com suas vantagens, riscos e necessidade de proteção, principalmente mecanismos como o firewall.

 2 – “Os invasores” apresenta os tipos de códigos maliciosos e como eles podem entrar no computador do usuário, reforçando que a maioria dos códigos têm mais de um vetor de entrada e por isso mais de uma proteção é necessária.

3 – O vídeo “Spam” demonstra aos usuários os diversos problemas que podem ser causados pelas mensagens não-solicitadas. Propagação de vírus e de produtos supostamente milagrosos, assim como aspectos relacionados à segurança da rede e do usuário, são alguns dos tópicos abordados pela animação.

4 – O objetivo do episódio “A Defesa” é apresentar ao usuário maneiras e dicas de como se proteger de ameaças na Internet para navegar com mais segurança na rede.





Brasil!

14 11 2007

 bandeirabrasil.jpg

Como amanhã é Feriado Nacional, vou fazer um post bem Brasileiro, o Hino Nacional da Força Aérea Brasileira:

Para quem quiser baixar, é só clicar aqui.

Vejam este papel de parede lindo (clique e baixe):

19_1024.jpg

Abraços e bom feriado! 😉





Camiseta detecta redes Wi-Fi

8 10 2007

wifi_shirt_anim.gif

Uma camiseta que começa a ser vendida no final de outubro promete solucionar o problema de muitos usuários que buscam hotspots mais próximos para conexões Wi-Fi.

A “Wi-Fi Detector Shirt” será vendida por 30 dólares na loja online ThinkGeek Inc. conta com uma estampa de ondas que se iluminam quando há uma rede nos padrões IEEE 802.11b ou 802.11g por perto. Assim como os indicadores de celulares ou desktops, as barras da estampa ascendem mais ou menos conforme a proximidade do hotspot.

Segundo Ty Liotta, responsável pelo desenvolvimento da camiseta na equipe do ThinkGeek, um cartoon de uma clássica antena de rádio e a simples expressão “802.11” estampam o que é preciso saber sobre a peça.

O sistema de detecção, entretanto, ainda não é wireless e requer três pilhas AAA (|) rsrsrsrs) para funcionar. As pilhas estão embutidas em um bolso costurado internamente na camiseta, explica o ThinkGeek. Na hora de lavar a camiseta, o usuário pode retirar as pilhas bem como o decalque brilhante. Uma fita que conecta as pilhas à estampa pode ir para a lavagem.

A camiseta não identifica, entretanto, se a rede Wi-Fi está aberta ou criptografada e ainda não está pronta para detectar o padrão mais recente da tecnologia Wi-Fi, o 802.11n Draft 2.0, que é diversas vezes mais rápido do que os atuais 802.11b e 802.11g. A porta-voz do ThinkGeek, Jennifer Kuropkat, argumenta que ainda há poucas redes em 802.11n ainda.

Fonte: IDG Now!

Compre a camisa: Wi-Fi Detector Shirt